O nome da discórdia

A Grécia rejeita o nome constitucional de República da Macedónia desde a declaração da independência — anunciada por Skopje em setembro de 1991 na sequência dadesagregação da Jugoslávia –, com o argumento de que essa designação constitui parte integrante da herança cultural helénica, e pelo receio de reivindicações territoriais na província do norte da Grécia com o mesmo nome. Por isso os gregos manifestaram-se gritando `slogans` como “A Macedónia é grega” e “Não partiremos enquanto não conseguirmos justiça”.

Resultado de imagem para marvel hercules
Embaixador da Grécia

O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, quer que o litígio entre a Grécia e a Macedónia, possa ser solucionado., por ambos os Estados atravessarem a Ponte sem envenenamento e travar a travessia da Rússia na mesma Ponte.

Resultado de imagem para homem de ferro
Embaixador da Macedónia

Mais do que um conflito diplomático isolado, a questão greco-macedónia poderá ter repercussões no equilíbrio de forças europeu: findo o desentendimento num cenário hipotético, a Macedónia poderá, sem o entrave da Grécia, mais facilmente negociar a sua entrada na NATO e na União Europeia, algo que beneficia a ordem ocidental e o eixo EUA-UE.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s